---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Cidade alta de Jaborá volta a sofrer com a falta de água

Publicado em 15/05/2020 às 12:52 - Atualizado em 15/05/2020 às 12:52

A falta de chuva continua afetando o abastecimento de água no Município de Jaborá. Na cidade, após o vencimento do contrato de 30 dias com o caminhão-tanque abastecendo a caixa d’água central, a parte alta voltou a sofrer com a falta de água. Conforme explica Rosimar Tieppo, servidor da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento – Casan, de Jaborá: “o caminhão foi contratado por um período de 30 dias, pois, acreditávamos que nesse tempo poderia chover e amenizar a situação e também, caso precisasse o contrato poderia ser prorrogado, mas como tivemos alguns problemas na captação no poço no município de Presidente Castello Branco, optamos por não renovar e também aproveitar o valor de R$49mil que seria gasto com algo paliativo para investir no novo poço, para que seja perfurado o mais breve possível”.

O prefeito Adelir Inácio entrou em contato com a Casan solicitando esclarecimentos sobre a perfuração do poço e obteve resposta de que a situação pode se estender por mais 60 dias: “A Casan é um órgão vinculado ao Governo do Estado, não sofre interferências políticas nem administrativas da prefeitura. Enquanto gestor do Município, o que está ao meu alcance é buscar informações para compreender o problema, questionar, cobrar e reforçar o pedido para agilidade na perfuração do poço. A resposta que tivemos do geólogo da Casan, Vitor Hugo Cereza, que está à frente dos trabalhos para a perfuração do poço, é de que  estão aguardando a licença da Gerência de Meio Ambiente, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e isso pode levar algo em torno de 60 dias, para então iniciarem a perfuração”, explica o prefeito.

Enquanto o poço não for perfurado, a parte alta da cidade, especialmente aquelas residências que não têm caixa d´água irão sofrer mais porque a vazão dos poços diminuiu para 13 mil litros/hora. Conforme explica Tieppo, as residências que possuem reservatório de água não estão sofrendo com a falta de água: “mesmo aqueles que moram nos pontos mais altos da cidade, mas que têm a caixa, todas as noites, quando diminui o consumo na cidade baixa, a água chega para reabastecê-las. Se todos colaborassem e colocassem uma caixa d´água em suas casas e nas empresas, não sofreriam com o abastecimento, pois, além da estiagem e da escassez de água, nos próximos meses estaremos fazendo reformas na rede, então, serão vários dias sem poder abastecer a cidade inteira, porque para trabalharmos não pode haver água na tubulação e teremos que desligar o registro”, alerta o servidor.